Home > Botânica > Taxonomia Vegetal > Reino Plantae > Plantas vasc c sementes e s frutos > Div Coniferophyta > Pinaceae  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

Família Pinaceae


• Plantas arbóreas ou arbustivas lenhosas, com folhas aciculares dispostas em espiral. Em certos gêneros (Pinus, Cedrus, Larix) estas apresentam-se em fascículos (grupos). Cada grupo é protegido na base por escamas foliares.

Folhas aciculares (acículas) de Pinus, família Pinaceae, divisão Coniferophyta.

A pinha (ou estróbilo para os botânicos) é o órgão das plantas da divisão Pinophyta onde se encontram as estruturas reprodutivas. As pinhas lenhosas que estamos habituados a ver são na verdade flores diferenciadas. Nas Gimnospermas, a pinha é orgão reprodutor onde são formados os micrósporos (Pólen) e os megásporos (célula-mãe do óvulo), diferenciando-se em espécie por tamanho, que no caso de estróbilo feminino são maiores em relação aos estróbilos masculinos. É errado, porém, afirmar que a pinha é o fruto, já que essa espécie de vegetal produz sementes "nuas" (Gimno = nuas; Spermas = semente), não protegidas por fruto, característica essa típica das Angiospermas. Por vezes, usa-se também a palavra cone para designar estas estruturas, não só para o grupo dos pinheiros, mas também para as restantes gimnospérmicas.
• O megasporofilo transporta dois óvulos, e é protegido por uma folha estéril, a escama de cobertura. É o estróbilo, estrutura de reprodução feminina.

Estróbilo feminino de Pinus, também conhecido como pinha.


• Flores masculinas em densos estróbilos alongados; cada microsporofilo transporta dois sacos polínicos (microsporângios).

Estróbilos masculinos de Pinus. São estruturas menores que os estróbilos femininos.


• Sementes muitas vezes aladas (Pinus, Cedrus).
• Esta é a maior família de gimnospermas vivas, com centro de dispersão no hemisfério norte. Pinus é o maior gênero com cerca de 90 espécies.

 


 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |